EMPRESA

Pioneira do estado de Goiás, a INCINERA TRATAMENTO DE RESÍDUOS, iniciou suas atividades em 2005, oferecendo o que há de mais seguro e eficiente no tratamento de Resíduos, destacando-se como uma empresa inovadora, desbravou um mercado necessário e inexplorado em Goiás. Com seriedade e responsabilidade vem acumulando credibilidade junto a clientes e colaboradores. Sua unidade de incineração esta instalada no Polo Industrial  de Senador Canedo onde presta seus serviços com modernos equipamentos e equipe especializada.

Uma empresa com comprometimento na busca incessante pela melhoria de processo e a sustentabilidade de nossos parceiros.  

Nossos serviços integram:  

+ Gerenciamento completo de resíduos, desde a coleta, transporte e destinação final.

+ Destruição de resíduos por processo de oxidação térmica (INCINERAÇÃO).

+ Certificação de destruição térmica, comprovando a correta destinação dos resíduos.

+ Acessória para legislação aplicável, elaboração, revisão e implantação de PGRs (Plano de Gerenciamento de Resíduos). 

+ Treinamento de equipe envolvida para POPs Procedimentos Padrões Operacionais.

Incineradores ‘RGL 350 SE’ e ‘RGL 600 SE’, com tecnologia alemã que otimiza as relações de combustão, ou seja, realiza um balanço entre combustível, comburente e temperatura ideal para eliminar ao máximo a emissão de gases nocivos e sustentar a auto-combustão, não necessitando de combustível auxiliar.

 

Trabalhando a uma temperatura entre 900ºC e 1200ºC, o processo de incineração é capaz de descaracterizar e eliminar a patogenicidade, alterar as características físico-químicas dos resíduos e reduzir em até 95% seu volume inicial.

Fornecer serviços e soluções ambientais integradas no tratamento de resíduos, garantindo o tratamento e o destino final de forma adequada, superar as expectativas dos clientes, seguir um rigoroso controle operacional de acordo com a legislação ambiental aplicável, agregar valor aos acionistas, aos colaboradores, à sociedade e ao Meio Ambiente.

Ser uma empresa inovadora e líder no mercado regional, crescendo e se desenvolvendo continuamente, priorizando sempre a sustentabilidade ambiental e a total satisfação de nossos clientes.

RESÍDUOS

Resíduos contendo substâncias químicas que podem apresentar risco à saúde pública ou ao meio ambiente, dependendo de suas características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade e toxicidade.

 

(Grupo B)
Ex: Produtos hormonais e produtos antimicrobianos; citostáticos; antineoplásicos; imunossupressores; digitálicos; imunomoduladores; anti-retrovirais, resíduos de saneantes, desinfetantes, desinfestantes; resíduos contendo metais pesados; reagentes para laboratório, inclusive os recipientes.

Resíduos com a possível presença de agentes biológicos que, por suas características de maior virulência ou concentração, podem apresentar risco de infecção.

 

(Grupo A)
Ex: Culturas e estoques de microrganismos; resíduos de fabricação de produtos biológicos, resíduos resultantes da atenção à saúde de indivíduos ou animais, bolsas transfusionais contendo sangue ou hemocomponentes, sobras de amostras de laboratório contendo sangue ou líquidos corpóreos, recipientes e materiais resultantes do processo de assistência à saúde, sobras de amostras de laboratório e seus recipientes, peças anatômicas (órgãos e tecidos) , entre outros.

Resíduos que não apresentem risco biológico, químico ou radiológico à saúde ou ao meio ambiente, podendo ser equiparados aos resíduos domiciliares.

 

(Grupo D)
Ex: Papel de uso sanitário e fralda, absorventes higiênicos, peças descartáveis de vestuário, resto alimentar de paciente, material utilizado em anti-sepsia e hemostasia de venóclises, equipo de soro e outros similares.

Materiais perfurocortantes ou escarificantes, tais como: lâminas de barbear, agulhas, escalpes, ampolas de vidro, brocas, limas endodônticas, pontas diamantadas, lâminas de bisturi, lancetas; tubos capilares; micropipetas; lâminas e lamínulas; espátulas; e todos os utensílios de vidro quebrados no laboratório (pipetas, tubos de coleta sanguínea e placas de Petri) e outros similares. (Grupo E)

LEGISLAÇÃO

Conselho Nacional do Meio Ambiente

 

- CONAMA 264/1999

 

- CONAMA 313/2002

 

- CONAMA 358/2005

Normativas SEMARH-GO

 

- IN 07/2011 - Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos

 

- IN 16/2012 - Autorização para Entradas de Resíduos Especiais

 

- IN 17/2012 - Autorização para Transporte de Resíduos Especiais

 

- IN 18/2012 - Certificado de Destinação de Resíduos Especiais

Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT

 

- ABNT NBR 10.004 - Resíduos Sólidos - Classificação

 

- ABNT NBR 10.0005 - Procedimento para Obtenção do Lixiviado de Resíduos

 

- ABNT NBR 10.006 - Procesimento para Obtenção do Solubilizado de Resíduos

- Política Nacional de Resíduos Sólidos - Lei 12.305/2010

 

- RDC 306/2004

CONTATO

Telefones Móveis:
62 – 9823-8361 (VIVO) 62 – 8459-5320 (OI)
62 – 8323-6783 (TIM) 62 – 9259-7534 (CLARO)
Telefones Fixos
(62) 3224 – 0005 / (62) 3224 – 0025 / (62) 3224 – 0931
(62) 3532 – 5566 / (62) 3532 – 4626
Av. Contorno Oeste Qd: 04 Módulo 08 - Pólo
Agroindustrial - Senador Canedo - Goiás - CEP 75.250-000
Coordenadas Geográficas
S - 16º43'47.07" O - 49º08'33.01"